VACINAÇÃO

Prefeitos mantêm articulação pela compra de vacinas contra Covid-19

A decisão pela busca e compra do imunizante foi tomada na última semana de forma conjunta

Reunidos em assembleia geral, na tarde desta quinta-feira (4), os prefeitos do Médio Vale do Itajaí ratificaram o posicionamento pela compra de vacinas contra a Covid-19 pelos municípios caso o Ministério da Saúde não forneça cobertura imunológica a tempo e em quantidades suficientes para imunizar a população. Diante do cenário da pandemia, todos os esforços estão sendo concentrados para soluções que garantam a proteção da população.
A decisão pela busca e compra do imunizante foi tomada na última semana de forma conjunta, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou os estados, os municípios e o Distrito Federal a importar e distribuir vacinas contra o coronavírus registradas por pelo menos uma autoridade sanitária estrangeira. O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Itajaí (Cisamvi), entidades municipalistas estaduais e federais estão em articulação com laboratórios para viabilizar esta iniciativa, além de que modelos e estudos jurídicos já estão em análise e são necessários para efetivar os encaminhamentos.
Durante a reunião, os prefeitos deliberaram pelo envio de expediente ao Ministério da Saúde reivindicando maior rapidez na execução do Plano Nacional de Imunização (PNI), de forma que garanta o fornecimento de doses suficientes para a população no menor tempo possível. Em paralelo, os prefeitos estudam a possibilidade de adesão a um consórcio nacional para compra dos imunizantes, o que pode garantir melhor negociação dos valores em função da abrangência da demanda, segurança jurídica aos órgãos envolvidos e, principalmente, acelerar o processo de aquisição e logística para uso. Além disso, há a articulação da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) para compra da vacina Sputnik V, que os municípios podem manifestar interesse em participar do processo.
"Estamos cientes das dificuldades por ora impostas para a compra das vacinas, porém precisamos garantir que a população tenha acesso aos imunizantes o mais breve", explica o presidente da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), Kleber Wan-Dall, prefeito de Gaspar. Segundo ele, a Associação mantém pedido junto aos governos federal e estadual para que as negociações sejam mais ágeis e os municípios recebam informações mais claras sobre o quantitativo de doses. "O trabalho pela aquisição das vacinas continua e reivindicamos que União e Estado se comprometam com o processo de imunização", finaliza o presidente da Ammvi.




EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro