Alan.png
QUALIDADE DE VIDA

Musculação no inverno

O organismo precisa de um tempo para se adaptar à nova rotina

Você já deve ter passado por isso, decidiu deixar o sedentarismo de lado e/ou resolveu que precisava emagrecer e se matriculou numa academia. Porém, principalmente no inverno, em dias chuvosos ou em dias que você chega cansado do trabalho, ou então quando você está com um pouco de preguiça a academia acaba ficando para depois. Resumindo, todos os dias têm uma desculpa para ficar em casa e não ir treinar no frio.

De acordo com pesquisas da IHRSA (organização que reúne academias americanas), aproximadamente 50% daqueles que se propõe a treinar todos os dias não chegam a completar nem três meses de treino.

O organismo precisa de um tempo para se adaptar à nova rotina. E os três primeiros meses são os mais difíceis. A pessoa pode se sentir obrigada a treinar, mas com pouca motivação. Depois deste período, é comum que o próprio corpo sinta falta, tornando o exercício uma fonte de prazer.

Pensando nisso, elaborei dicas para você buscar motivações e "não parar de treinar no inverno". Afinal, com o clima mais frio, o corpo gasta mais calorias para se manter aquecido pois o "frio é um termogênico natural". Desta forma, quem pretende eliminar peso pode se beneficiar com as mudanças fisiológicas do corpo geradas pelo frio.

Baixas temperaturas interferem na disposição de fazer exercícios físicos, tornando a tarefa de ficar em forma ainda mais desafiadora. E o pior é que no inverno o apetite aumenta, especialmente por alimentos mais calóricos que ajudam a esquentar e a engordar!

Mas, além da perseverança, alguns cuidados são necessários com as temperaturas em baixa. No inverno, é preciso aumentar o tempo de aquecimento para preparar a musculatura e evitar distensões de músculos, tendões e ligamentos.

 Aquecimento

 Nas baixas temperaturas os músculos tendem a ficar encurtados e mais enrijecidos, então, antes de iniciar a musculação deve-se levar mais tempo em aquecimento já que a temperatura baixa implica na oxigenação mais lenta do tecido muscular: Cinco minutos de aeróbico em moderada intensidade seriam perfeitos.

Alongamento

 Também nos dias mais frios os cuidados têm que ser redobrados em relação ao alongamento. Músculos mais contraídos ficam propensos a câimbras e a dores musculares. É preciso alongar cuidadosamente antes da atividade física.

Roupas

 No frio é necessário malhar com roupas compatíveis com a temperatura para ajudar a aquecer e a manter aquecido o corpo. As melhores roupas para malhar são as que aquecem e permitem a evaporação rápida do suor. Em lojas de roupas esportivas há uma boa variedade de tecidos tecnológicos que facilitam esse processo, sem deixar a roupa pesada e desconfortável. Malhar com roupa pesada - e com isso transpirar mais, além de ineficaz é perigoso.

E jamais saia da academia com a roupa úmida dos exercícios: troque imediatamente por peças secas, e coloque o agasalho a fim de manter a temperatura corporal e evitar o choque térmico ao sair na rua, pois o corpo resfria com muita rapidez.

Hidrate-se!

 Como no frio se transpira com menos intensidade, a tendência é descuidar da hidratação. É importante ingerir líquidos antes, durante e depois da atividade física da mesma maneira que você faria no verão, mesmo sem sede. Os líquidos são importantes para controlar todo o funcionamento do organismo, como circulação sanguínea, composição das células, músculos e respiração, todos eles fatores essenciais para a prática dos exercícios.

Referência: http://dicasdemusculacao.org







EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro