Ailton.png
PASSANDO A LIMPO

Os principais desafios para os próximos anos

Vivemos todos nós do imediatismo sem pensar no amanhã

Os principais desafios para os próximos anos

Com o questionamento de quais são os principais desafios a serem enfrentados, nos próximos anos, pelas administrações municipais na busca de melhorar a qualidade de vida das pessoas, demos o pontapé inicial para várias reportagens sobre o tema.

Nesse primeiro momento contratamos uma jornalista conhecida em todo o estado para desenvolver a pauta. "Existe luz no fim do túnel" é a primeira reportagem que ouviu políticos, empresários e cidadãos de Apiúna.

A maior dificuldade enfrentada durante as entrevistas é ver que não existe planejamento futuro. Vivemos todos nós do imediatismo sem pensar no amanhã.

Pessoas com graduação universitária e também sem nenhum estudo pensam da mesma forma: viver o presente. Claro que existem os que pensam diferente.

Nas próximas entrevistas buscaremos um contato maior com você leitor para que possamos tirar as conclusões finais.

Envie seu posicionamento para ailton@ailtoncoelho.com.br.

O que precisa ser feito em Apiúna para melhorar a qualidade de vida de todos nós?

Lei zera imposto para compra de vacina contra a Covid-19

Santa Catarina tornou-se o primeiro Estado a isentar de imposto a compra de vacina contra a Covid-19 e de insumos para fabricá-la. A lei do deputado estadual Milton Hobus (PSD) foi sancionada na tarde de hoje pela governadora em exercício, Daniela Reinehr (PSL), em ato no Centro Administrativo.

A alteração fiscal acontece um mês depois de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionar lei que autoriza Estados, municípios e setor privado a comprarem doses - as empresas podem adquirir desde que doem para o Sistema Único de Saúde (SUS). Ainda em março, a Anvisa aprovou resolução em que oficializou as regras para quem pretende adquirir o imunizante direto com o fabricante.

Em SC, prefeituras tentam viabilizar a compra por meio da Federação Catarinense de Municípios (FECAM). Outras cidades também demonstraram interesse em participar de consórcio da Frente Nacional de Prefeitos.

De acordo com Hobus, o objetivo principal é acelerar a vacinação ao criar um mecanismo que torne legal a isenção de ICMS - que hoje é de 17% - para compra e importação do imunizante. Ele acrescenta que o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou medida autorizando o benefício, mas cada Estado deve criar a sua legislação.

 "Em SC, temos um dos principais polos logísticos de importação do país. Temos estrutura para que os municípios comprem diretamente e reduzam os custos. Não é justo pagar imposto por algo tão essencial", destaca Hobus.

Até segunda-feira, Santa Catarina recebeu mais de 1,47 milhão de vacinas do Ministério da Saúde e aplicou 1,05 milhão. Até o momento 237 mil pessoas foram imunizadas com duas doses. No país, o governo federal distribuiu 47,5 milhões de vacinas para os Estados, mas foram aplicadas apenas 27,5 milhões de doses.

Câmara de Vereadores de Ascurra terá sede própria

O vereador Márcio da Costa, quando Presidente da Câmara de Vereadores de Ascurra idealizou a construção da sede da Casa Legislativa, um projeto moderno e audacioso para Ascurra e uma busca árdua por apoio.

Primeira etapa teve início em 2019, segunda etapa fevereiro de 2021 e nos próximos meses será licitado a terceira etapa, com previsão de término no final de 2022.

 "É muito importante esclarecer que o local adequado para bem cumprir a função da vereança e poder atender adequadamente a população é também parte essencial da democracia. A Câmara de Vereadores deve ser atuante e eficaz. Nos próximos anos vamos trabalhar para buscar essa adequação de esforços com a população." Ressaltou Márcio.







EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro