EDITORIAL 481

Simples assim

Estamos tão ocupados planejando nosso futuro que esquecemos de viver o presente

Quando você olha ao seu redor e não para um futuro incerto, está apostando no presente. Você sentirá coisas que de outra forma não sentiria, criará a oportunidade de valorizar tudo que existe ao seu redor e que merece um agradecimento. 

Temos uma vida nas mãos, um tempo finito em um espaço imenso e fértil, pleno de diferentes possibilidades e oportunidades. A vida nos rodeia com a sua enormidade esperando pelo nosso despertar e que a sustentemos forte com as nossas mãos sem hesitar, sem vacilar.

Passamos muito tempo esperando que as pessoas mudem, ou até mesmo que possamos mudar a nós mesmos. Entramos numa espécie de túnel do tempo que nos impede de ver o que está ao nosso redor, de perceber a luz da nossa vida.

Estamos tão ocupados planejando nosso futuro que esquecemos de viver o presente.

Quanto tempo você quer passar esperando que reconheçam seus feitos, ou que o vento volte a soprar de forma favorável para conduzi-lo pelo caminho certo novamente?

Sem levantar um dedo para explorar o que existe ao seu redor, sem perceber tudo o que você já tem, você apenas senta e espera que tudo caia do céu.

Jamais esqueça que só as experiências do passado podem lhe ajudar a viver intensamente o presente para que haja um futuro.

Não esperemos por milagres, o futuro é o reflexo de nossas ações do presente no espelho da vida. Se fazemos escolhas ruins nada diferente existirá no futuro a não ser coisas ruins.

Portanto, precisamos aprender a escolher melhor nossos líderes, a diferenciar os lobos dos cordeiros e o bem do mal.

Não culpe os outros por sua vida ruim. Se ela é ruim foi por que você fez escolhas ruins ou apenas sentou e aguardou que os outros escolhessem por você.





EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro