OPINIÃO

Imparcialidade

10 Janeiro 2019 18:22:00

Editorial edição 409

Em nosso editorial da segunda edição, lá nos idos do ano 2.000, falamos sobre a necessidade de imparcialidade e hoje, como nunca, precisamos que os operadores da justiça e administradores possuam tal "qualidade".

Parcial: Que faz parte de um todo;

Imparcial: Que julga sem paixão - Justo;

Imparcialidade: Justiça.

Cada vez mais houve-se falar em imparcialidade. A mídia exige dos governantes imparcialidade, no futebol pede imparcialidade das arbitragens.

Nós cidadãos somos imparciais, somos justos?

Uma boa pergunta para ser analisada com imparcialidade pela mídia e por nós cidadãos.

Em nossas ações no dia a dia lutamos cada vez mais por espaço. Lutamos por emprego, por espaço político, por nosso bairro, pela nossa escola, etc. Em nossa procura enfrentamos opiniões adversas, tentamos com a capacidade que achamos possuir fazer o melhor possível. Assumimos cargos para lutarmos pela comunidade, para batalharmos pelo bem de todos.

Analisando "imparcialmente" todas essas situações verificamos que todos nós somos parciais, somos parte de um todo e queremos a nossa parte deste todo. Por uma visão ampla, não somos nada imparciais, justos, pois lutamos por nosso espaço, estamos sempre lutando pela autopromoção e esquecemos de ver o lado do outro, se estamos dando a mesma oportunidade de luta e conquista ao nosso semelhante. Quando criticamos alguém que ocupa uma posição mais elevada e ou dirige alguma entidade ou órgão público, esquecemos de nos colocar no lugar deste para vermos se houve outra alternativa para a atitude. Como diz o ditado: fácil falar, difícil fazer.

A inveja é um mal de todo ser humano e que precisa ser trabalhada para servir de arma para a justiça. Um trabalho bem realizado esbarra naquele ditado: "Santo do Lugar não faz milagre". A crítica a este trabalho é visto como grande oportunidade aos opositores e não como para surgimento de novas práticas.

É preferível dar oportunidade a um estranho do que a um amigo para não precisarmos vê-lo vencer.

Oportunidade, arma poderosa, imparcial e justa, que dada a todos fará que participemos de vitórias, todos os dias, nesta guerra que é a vida.




EDIÇÕES IMPRESSAS



COLUNISTAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 100 78 fundos sala 02, Loteamento Dona Helena Morro
Apiúna - SC - Brasil

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro