SAÚDE

Lista da fila de espera do SUS está disponível na internet aos catarinenses

17 Novembro 2017 09:05:00

Decreto que obriga publicação das informações foi feito em maio e 471 mil aguardam procedimento

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, anunciou, na terça-feira, 14, o funcionamento do portal webservice com as listas de espera dos pacientes que aguardam por consultas, exames e intervenções cirúrgicas e outros procedimentos nos estabelecimentos da rede pública de saúde do Estado. Há 471 mil pessoas aguardando por algum procedimento. Na entrevista coletiva, realizada na Secretaria de Estado da Saúde (SES), em Florianópolis, foram apresentadas informações sobre implantação do sistema, capacitação dos profissionais envolvidos, carregamento dos dados de pacientes e detalhes sobre o acesso ao portal eletrônico. 

 A "publicização" das filas de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) de Santa Catarina na internet cumpre o Decreto nº 1.168, de 29/05/2017, que regulamenta a Lei estadual nº 17.066/2017, de 11/01/ 2017.

 Segundo Caropreso, Santa Catarina é pioneira na publicização das filas de espera na internet. "Somos referência nacional e já há estados interessados na nossa tecnologia, como Paraíba, Amapá e Piauí", comemorou o secretário.

 Vicente Caropreso ainda afirmou que além da transparência das ações regulatórias para a sociedade, a publicização permitirá o gerenciamento e controle das filas de espera do SUS, maior capacidade fiscalizatória, a otimização dos recursos, o fortalecimento do processo de regionalização.

 Segundo a superintendente de Serviços Especializados e Regulação, Karin Geller, existem 60 centrais de regulação ativas, outras 40 estão em processo de implementação. "Até o final do ano, estaremos com 100 centrais de regulação em todo o Estado alimentando esse sistema e em cinco meses, ampliaremos em mais de 200% a cobertura da regulação", explica Karin.

 De acordo com Karin Geller, o portal também será fundamental para fazer planejamentos de ações de saúde para os próximos anos. "O planejamento existia, mas sabendo a realidade da demanda reprimida, as ações para os próximos anos são mais fidedignas. Tendo o conhecimento de quantos procedimentos, exames e cirurgias estão aguardando para serem realizadas, podemos trabalhar com dados concretos", explica a superintendente.

 Oito eventos macrorregionais de regulação foram realizados para preparar os profissionais para utilizar o Sistema Nacional de Regulação (Sisreg) nos módulos ambulatorial e hospitalar, sistema gratuito do Ministério da Saúde, usado para criar o webservice. "A equipe da SES capacitou 73 municípios e 27 Centrais de Regulação foram implantadas. Cerca de 1,5 mil profissionais foram capacitados, entre técnicos, gestores e prestadores de serviço", explicou a superintendente Karin.

 Também estavam presentes o secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, o superintendente dos Hospitais Públicos da SES, Marcelo Lemos Reis, e Geraldo Azzollini, representando a presidência do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems).

 O link para acessar as Listas de Espera SUS encontra-se abaixo do menu azul, à esquerda da página www.saude.sc.gov.br. E o https://listadeespera.saude.sc.gov.br/.

 O portal está disponível para consulta desde 1º de novembro. Como o sistema é novo, nesses primeiros dias pode haver algumas inconsistências no acesso das informações. A equipe da SES está pronta para corrigir as falhas. Os dados das listas de espera serão atualizados todas as segundas-feiras, pelo responsável da Central de Regulação.




EDIÇÕES IMPRESSAS


COLUNISTAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 100 78 fundos sala 02, Loteamento Dona Helena Morro
Apiúna - SC - Brasil

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro