ECONOMIA

Comércio volta a funcionar nessa segunda-feira

Novo decreto mantém suspensão de atividades de shoppings, transporte coletivo, eventos em geral e permanência em espaços públicos

O governo do Estado anunciou que o comércio em geral está autorizado a voltar à atividade a partir desta segunda-feira, 13. A medida vale para estabelecimentos de rua, como lojas, restaurantes, bares, hotéis e similares; shoppings, centros comerciais e transportes coletivos permanecem suspensos até 30 de abril. Ao todo, a quarentena para o comércio de rua durou 26 dias. 

O novo decreto anunciado pelo Executivo também estende a suspensão até 31 de maio dos eventos em geral. Portanto, ficam proibidas as atividades em academias, cinemas, espetáculos, teatros, casas noturnas. A regra vale também para permanência em parques, praças e parques e aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino.

A regra chancelada pelo Estado vale em todo território catarinense. Mas, segundo a hierarquia sanitária, vale a norma que for mais restritiva. Ou seja, mesmo com a liberação estadual, os prefeitos podem editar decretos municipais e proibir as atividades de funcionarem em determinado local.

"Nós mantemos a quarentena, penso que este é o anúncio do governo do Estado. Nós temos medidas mais rigorosas do que em outros estados porque nós entendemos que reunião de público, como missas e cultos, transporte coletivo, festas, são locais de transmissão alta", disse o governador Carlos Moisés da Silva.

O Executivo vai medir o número de casos positivados, de óbitos e aglomeração das pessoas para utilizar como critério de avaliação da efetividade da quarentena. Caso o governo considere que os resultados não sejam satisfatórios, há a possibilidade de voltar atrás.

"Nós vamos monitorar os resultados, os dados todos que nós temos do sistema e, na medida que houver necessidade, nós vamos apertar novamente, nós vamos restringir as atividades, nós vamos suspender as liberações", acrescentou o governador. A Secretaria de Saúde ainda vai publicar normas específicas de como cada estabelecimento deve atuar.

Moisés também atualizou os números da Covid-19 em Santa Catarina. São 732 casos confirmados, mais de 4,9 mil testes realizados e 21 óbitos até este sábado, 11.

Autorizados a funcionar:

  • Hotéis, pousadas e similares;
  • Comércio de rua;
  • Bares e restaurantes para consumo fora do local.

Ficam proibidos até 30 de abril:

  • Transporte coletivo municipal, intermunicipal, interestadual e internacional;
  • Shoppings, galerias, centros comerciais e similares;
  • Permanência de público em bares, cafés, restaurantes e similares.

Ficam proibidos até 31 de maio:

  • Eventos de qualquer natureza com reunião de público, como missas, cultos e shows;
  • Atividades em academias, cinemas, teatros, casas noturnas;
  • Permanência em parques, praças e praias;
  • Aulas nas redes pública e privada de ensino;
  • Eventos esportivos da Fesporte;
  • Ingresso de público em competições da iniciativa privada.





EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro