Rosama.png
VIVER E CONVIVER

Crianças levadas da breca

Em 5% das crianças os sintomas persistem na vida adulta

No dia a dia é comum dar apelidos as crianças agitadas, inquietas, que não param ás vezes nem para comer, desatentas, não conseguem terminar as coisas. Enfim, parecem que tem o "bicho carpinteiro", "levados da breca" e outras denominações. A ciência costuma pesquisar e dar nomes científicos o que conhecemos por Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH. Os principais sintomas são: dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Nesse artigo vamos explanar alguns pontos importantes pelo fato de o estudo desse transtorno é amplo.

 O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade - TDAH distingue-se como uma síndrome com características como desatenção, impulsividade, desassossego e agitação. Segundo a Associação Brasileira de Déficit de Atenção, o TDAH afeta cerca de 5% das crianças e os sintomas persistem na vida adulta.

 Existe dois tipos caracterizados, com um ponto em destaque: O TDAH combinado é aquele em que a criança expõe a hiperatividade, a impulsividade e o déficit de atenção. Já o TDAH desatento é quando apresenta a falta de atenção, isto é, distrai-se facilmente, não consegue prestar atenção na aula.

 O TDAH, é um transtorno de vários fatores - fator genético, aumento de pressão arterial, hemorragias, sofrimento fetal. Exemplificando - medicamentos, doenças maternas, infecções, cigarros, álcool, cocaína e outras drogas. Também parto prematuro, traumáticos, ou eventos agressores do cérebro durante a infância - traumatismos graves, encefalites, por exemplo.

 Também, anomalias genéticas devido a exposição desses agentes podem levar a consequências tais como: aborto, prematuridade, malformações, distúrbios do comportamento e/ou aprendizado e até alteração no crescimento do bebê. Destacando que algumas substâncias podem ser excretadas no leite materno, logo o bebe pode correr o risco de desenvolver anomalias após o nascer. Muitos hábitos devem ser deixados de lado quando se deseja engravidar ou quando está grávida. Fumar e fazer uso de bebidas alcoólicas são alguns deles

 Vamos refletir - se o TDAH é um transtorno neurobiológico, uma disfunção química no cérebro, não se trata de um defeito de personalidade ou de caráter, nem uma má educação. Podemos pensar que certas alterações cerebrais nas áreas do cérebro podem provocar anomalias comportamentais. 





EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro