Robson.png

O auxílio doença negado

Muitos dos benefícios negados pelo INSS são concedidos judicialmente

Robson Pasquali

Recentemente tenho atendido diversos clientes que tiveram seu beneficio de auxilio doença negado ou encerrado pelo INSS. Muitos desses benefícios foram concedidos por meio de Ação Judicial anos atrás, e o INSS resolveu chamar estas pessoas novamente para realizar perícias. Como a maioria não possui exames e atestados atualizados, pois, depende do SUS para a realização destes, acaba tendo o beneficio negado ou encerrado pelo médico perito.

Outro aspecto negativo é que por mais de 3 meses o INSS ficou em greve, e foram reduzidos os atendimentos periciais. Há certo atraso no número de perícias realizadas, e por tal, hoje buscando resolver o problema da fila de espera de atendimento, as perícias estão sendo realizadas de forma mais rápida, fato qual pode facilitar a negativa do beneficio visto que, não há uma análise mais detalhada da documentação do segurado.

O segurado deve saber que possui o direito de requerer a prorrogação da perícia, e a reconsideração da decisão de indeferimento da perícia, e se for mantida a negativa do benefício após estes 2 exames periciais, deve buscar o judiciário para reaver seu benefício.

Muitos dos benefícios negados pelo INSS são concedidos judicialmente, isto porque, há o trabalho do advogado esclarecendo toda a enfermidade do trabalhador para o juiz e perito, e o médico perito dos órgãos judiciais realiza uma análise mais detalhada do caso.

Por isso, se você está doente, sem condições de trabalhar e teve o benefício negado pelo INSS, procure um advogado de sua confiança, ingresse com uma Ação Judicial para ter garantido o seu direito de se afastar do trabalho durante seu tratamento e a recuperação da sua capacidade laborativa.



EDIÇÕES IMPRESSAS



COLUNISTAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 100 78 fundos sala 02, Loteamento Dona Helena Morro
Apiúna - SC - Brasil

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro