Renato.png
HORIZONTE DE LUZ

Bem e Mal Sofrer

'Deixo-vos a paz, a minha vos dou. Não vo-la dou como o mundo dá - João 14:27'

O mundo em que vivemos apresenta-se repleto de tribulações como bem podemos observar. O mestre Jesus já havia nos informado disso: "No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". Analisando a afirmativa do Cristo com um olhar mais abrangente, podemos concluir que existem males, aflições, tribulações que são inerentes ao nosso planeta. A questão é como sofremos? Qual a nossa postura diante de uma problemática? Podemos optar por dois caminhos: O caminho da resignação, confiantes na bondade, sabedoria e misericórdia de Deus ou o caminho da revolta, da indignação, da tristeza, do desespero. Na prática qual seriam as consequências dessas escolhas? Se o amigo leitor nunca parou pra pensar nisso então talvez seja esta a oportunidade. Quando optarmos pelo caminho da resignação estaremos expressando a nossa fé (certeza em Deus), nossa confiança na sabedoria Divina e portando nossa postura será de equilíbrio, de paciência, daquele que sabe guardar-se em paz mesmo na luta. Isso nos manterá atentos às possibilidades de encontrarmos uma saída mais rápida para a problemática. Se optarmos pelo caminho da revolta, do desespero, consequentemente vamos tornar essa luta ainda mais difícil, pois a revolta, o desespero envolve nossa mente em penosas vibrações, resultantes de nossos pensamentos negativos e consequentemente não vamos conseguir raciocinar com equilíbrio, retardando a solução da problemática que se nos apresenta. Quando Jesus pronunciou: "Bem aventura-dos os Aflitos, porque o Reino dos Céus lhes pertence", certamente não estava referindo-se ao "Sofrimento" por si só, porque o "Sofrimento" por si só, não gera elevação. A postura que tomarmos diante do "Sofrimento" é que gera a elevação. Esta é a nossa liberdade de escolha: Bem ou Mal sofrer? Se temos aflições que não podemos evitar, também há aquelas que poderíamos amenizar. Essas aflições estão relacionadas aos nossos sentimentos, como: Inveja, ciúme, mágoa, revolta, ira, vingança... Todos exemplos de sentimentos que nos causam sofrimentos e que poderíamos evitar. São. Jesus dirige-se aos apóstolos dizendo: "Dou a minha paz, deixo a minha paz, mas não a paz que o mundo dá". O Mestre fazia menção que a Paz na qual ele referia-se, não é aquela que nós buscamos nas facilidades da vida, quando tudo vai bem, sem grandes compromissos ou sacrifícios, quando temos saúde e fartura. A paz de Jesus é aquela serenidade, confiança e resignação na luta da vida, quando as coisas não dão certo, quando a saúde está frágil, quando a dificuldade aparece. Qual a nossa postura nessas horas irmãos?

 O benfeitor espiritual Emmanuel, no livro Vinha de Luz, no capítulo 80 - Como Sofres? nos apresenta elucidativo esclarecimento:

" Não basta sofrer simplesmente para ascender à glória espiritual. Indis-pensável é saber sofrer, extraindo as bençãos de luz que a dor oferece ao coração sequioso de paz. 

(...) Todas as criaturas sofrem no cadinho das experiências necessárias, mas bem poucos espíritos sabem padecer como cristãos, glorificando a Deus. "

A CEHLUZ informa que em obediência as determinações das autoridades sanitárias em decorrência da pandemia do Covid19, estão suspensas temporariamente as Atividades Públicas da Casa (Expositiva/Passes) às segundas-feiras. 
Porém informamos que as Palestras estão sendo postadas em nossa página no facebook (https://www.facebook.com/profile.php?id=100008195987873) todas as segundas-feiras as 20 horas. 




EDIÇÕES IMPRESSAS



1218217951.png

 

Cabeço Negro
Rua 20, número 60 - sala 01 = Loteamento Helena B. Morro
Apiúna  - SC - Brasil
89135-000

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Cabeço Negro